terça-feira, 16 de dezembro de 2008

A MINHA MENSAGEM DE NATAL

ESTE ANO NÃO VOU PROCURAR UM POSTAL OU QUALQUER COISA BONITA.
DEIXO-VOS SIMPLESMENTE A MINHA MENSAGEM
FELIZ NATAL

domingo, 14 de dezembro de 2008

CONVIDEM JESUS PARA O SEU ANIVERSÁRIO

(Conversa com Jesus sobre o Natal…)

Como sabes está a chegar novamente a data de meu aniversário.

Todos os anos se fazem festas em minha honra e creio que este ano acontecerá a mesma coisa. Nestes dias as pessoas fazem muitas compras, por todo o lado não se fala noutra coisa a não ser dos preparativos para o grande dia, é bom saber que ao menos um dia por ano algumas pessoas pensam um pouco em mim.
Há muitos anos que começaram a festejar o meu aniversário, no começo, pareciam compreender e agradecer o que fiz por eles, mas hoje em dia, quase ninguém sabe por que razão o celebra, as pessoas reúnem-se e divertem-se muito, mas a maioria não sabe do que se trata.
Estou a lembrar-me do ano passado, ao chegar o dia do meu aniversário, fizeram uma grande festa em minha honra, havia coisas deliciosas na mesa, estava tudo decorado e havia muitos presentes... mas sabe de uma coisa?
Não me convidaram! A festa era em minha honra e ninguém se lembrou de me convidar! A festa era para mim e quando chegou o grande dia, fecharam-me a porta na cara. E eu que queria partilhar a mesa com eles...
A verdade é que não fiquei surpreendido, porque nos últimos anos, muitos me fecham a porta.
Como não me convidaram, ocorreu-me entrar sem fazer ruído. Entrei e fiquei num canto a observar.
Estavam todos felizes, alguns já estavam embriagados, contando piadas, rindo, divertindo-se. Então chegou um Velho Gordo, vestido de vermelho, com barba branca e gritando: HO! HO! HO! Parecia ter bebido demais... Deixou-se cair pesadamente numa cadeira e todos correram para ele gritando: Pai Natal! Pai Natal! Como se a festa fosse para ele!
Quando chegou a meia-noite, todos se abraçaram. Eu estendi os meus braços esperando que alguém me abraçasse... Queres saber? Ninguém me abraçou.
Depois, todos começaram a receber presentes. Um a um, os pacotes foram sendo abertos, cheguei mais perto para ver se, por acaso, havia algum para mim, nada!
O que sentirias se no dia de teu aniversário todos recebessem presentes e não te dessem nenhum presente a ti? Compreendi, então, que estava a mais na festa... Sai sem fazer barulho, fechei a porta, fui-me embora...
Cada ano que passa é pior: as pessoas só se lembram da ceia, dos presentes, das festas... De mim, ninguém se lembra.
Gostaria que, neste Natal, tu me permitisses entrar na tua vida, reconhecendo que há mais de dois mil anos vim ao mundo para dar a minha vida por ti, e assim, poder salvar-te... Hoje só quero que acredites nisso com todo o teu coração...
Vou dizer-te uma coisa! Já que muitos não me convidam para a festa que fazem, vou fazer a minha própria festa, uma festa grandiosa como ninguém jamais fez, uma festa espectacular. Estou nos últimos preparativos e a mandar os convites.
Este é especial para ti.
Só quero que tu me digas se queres vir, reservarei um lugar para ti e incluirei o teu nome na lista dos meus convidados...
Os que não aceitarem, ficarão de fora.
Prepara-te porque quando tudo estiver pronto, quando menos se esperar, darei minha grande festa.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

REFLEXÕES

Uma garrafa de vinho meio vazia também está meio cheia. Porém, uma meia mentira nunca será uma meia verdade.
(Jean Costeau)

É melhor estar preparado para uma oportunidade e nunca tê-la, do que ter uma oportunidade e não estar preparado.
(Anônimo)

Não é digno de saborear o mel, aquele que se afasta da colmeia, por medo das picadas das abelhas.
(Shakespeare)

Não chore pelas coisas terem terminado, sorria por elas terem existido.
(L. E. Boudakian)


Eduquemos as crianças, e não será necessário castigar os homens.
(Pitágoras)

A vida só pode ser compreendida olhando para trás; mas só pode ser vivida, olhando em frente.
(Kierkegaard)

Somos o que fazemos, mas somos principalmente o que fazemos para mudar o que somos.
(Eduardo Galeano)

Remete o teu pensamento para os teus desejos mais íntimos e procura a divindade que existe em ti.
(A. Da Silva Costa)

Nosso cérebro é o melhor brinquedo que já foi criado. Nele se encontram todos os segredos, inclusive o da felicidade.
(Charles Chaplin)

Não faça da sua vida um rascunho pois você pode não ter tempo de passá-la a limpo.
(A. Rossato)

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

JESUS O HOMEM



JESUS O HOMEM

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

AMA, POIS HÁ SEMPRE ALGUÉM QUE TE AMA…

Hoje ainda ninguém te deu um carinho ou um gesto de amor?
Ninguém te tratou com respeito ou te deu valor?
Se nada disto aconteceu, não fiques triste nem desanimado, pois os homens esquecem com muita facilidade e nem sempre reconhecem o valor dos outros.
Porém o Mestre jamais se esquecerá de ti.
Ele ama-te tal qual és e dá-te todo o valor que tens.
Embora não O vejas, Ele está sempre contigo e é o teu melhor Amigo, aos seus olhos, tu é um ser maravilhoso.
Mas…, hoje já disseste a alguém que o amas?
Já deste valor a alguém?
Já disseste ao Senhor que dependes Dele e que O adoras?
Se nada disto aconteceu, não sabes o que estás a perder, quando nos damos, quando reconhecemos o valor dos outros, quando distribuímos gestos de amor, encontramos o sentido de vida e a nossa existência fica mais florida.
(Caminhante)

A DIFERENÇA ENTRE UM ANJO E UM AMIGO...

Anjos e Amigos... Todos temos um pouquinho de cada um...

Um anjo pega-nos pela mão e aproxima-nos de Deus.
Um amigo foi enviado por Deus para nos aproximarmos Dele.
Um anjo tem a obrigação de cuidar de nós...
Um amigo cuida de nós por amor...
Um anjo vê-te sorrir, e observa as tuas alegrias.

Um amigo, faz-te sorrir, e faz parte das tuas alegrias.
Um anjo sabe quando necessitas da ajuda de alguém.
Um amigo, ajuda-te sem saber que necessitas.
Um anjo ajuda-te, a evitar problemas.
Um amigo, ajuda-te a resolvê-los.
Um anjo vê-te sofrer, sem te poder abraçar.
Um amigo abraça-te, porque não te quer ver sofrer.
Um anjo, na realidade, faz parte dos teus sonhos.
Um amigo, compartilha e luta para que os teus sonhos sejam uma realidade.
Um anjo está sempre contigo, não sente a tua falta.
Um amigo, quando não está contigo, não só sente a tua falta, mas também pensa em ti.
Um anjo vela os teus sonhos,
Um amigo sonha contigo.
Um anjo aplaude os teus triunfos,
Um amigo ajuda-te para que triunfes.
Um anjo preocupa-se quando tu estás mal.
Um amigo alegra-se quando tu estás bem.
Um anjo recebe a tua oração.
Um amigo faz uma oração por ti.
Um anjo ajuda-te a sobreviver.
Um amigo vive por ti.
Para um anjo, é uma missão que cumpri.
Para um amigo, é uma obrigação defender-te.
Um anjo é algo celestial.
Um amigo é uma oportunidade real de conhecê-lo melhor...
Na semelhança que há entre “o amor e a amizade ".
Um anjo quer ser teu amigo.
Um amigo, propõe-se também ser o teu anjo...

(Enviado por Salete Lemos)

terça-feira, 18 de novembro de 2008

POEMA AOS AMIGOS

Não posso dar-te soluções
Para todos os problemas da vida,
Nem tenho resposta
Para as tuas dúvidas o temores,
Mas posso ouvir-te
E compartilhar contigo.

Não posso mudar
O teu passado nem o teu futuro.
Mas quando necessitares de mim
Estarei junto a ti.

Não posso evitar que tropeces,
Somente posso oferecer-te a minha mão
Para que te sustentes e não caias.

As tuas alegrias
Os teus triunfos e os teus êxitos
Não são os meus,
Mas desfruto sinceramente
Quando te vejo feliz.

Não julgo as decisões
Que tomas na vida,
Limito-me a apoiar-te,
A estimular-te
E a ajudar-te sem que me peças.

Não posso traçar-te limites
Dentro dos quais deves actuar,
Mas sim, oferecer-te o espaço
Necessário para cresceres.

Não posso evitar o teu sofrimento
Quando alguma mágoa
Te parte o coração,
Mas posso chorar contigo
E recolher os pedaços
Para armá-los novamente.

Não posso decidir quem foste
Nem quem deverás ser,
Somente posso
Amar-te como és
E ser teu amigo.

Todos os dias, penso
Nos meus amigos e amigas,
Não estás acima,
Nem abaixo nem no meio,
Não encabezas
Nem concluís a lista.
Não és o número um
Nem o número final.

E tão pouco tenho
A pretensão de ser
O primeiro
O segundo
Ou o terceiro
Da tua lista.
Basta que me queiras como amigo


Dormir feliz.
Emanar vibrações de amor.
Saber que estamos aqui de passagem.
Melhorar as relações.
Aproveitar as oportunidades.
Escutar o coração.
Acreditar na vida.


Obrigado por seres meu amigo.


Jorge Luis Borges

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

FASCINANTE PARA MIM É...

Fascinante para mim é...
Ter esperanças no amanhã, saber que após a noite vem o dia.
Viver intensamente as emoções, pular de alegria...
Não invadir o espaço alheio, ser espontâneo, apreciar o nascer e o pôr-do-sol, amar as pessoas incondicionalmente.
Aproveitar todos os momentos, vencer a depressão, confiar na voz da intuição, perdoar as pessoas, estimular a criatividade, não se prender com detalhes, brincar como uma criança, chorar de felicidade.
Ter pensamentos positivos, respeitar os sentimentos dos outros, rir sozinho, saber trabalhar em equipa, ser sincero, encontrar a felicidade nas pequenas coisas, entender que somos pessoas únicas.
É dançar sem medo... não se apegar a bens materiais, respirar a brisa do mar, ouvir a melodia suave de uma fonte, observar a natureza, adorar um dia de chuva.
Fascinante para mim é...
Ter motivação!
Ver além das aparências, descobrir que precisamos uns dos outros, esquecer o que já passou, procurar novos horizontes, perceber que somos humanos, vencermo-nos a nós mesmos, ver a beleza da alma, vencer a passividade.
Saber que a vida é consequência das nossas atitudes, mimar a criança interior, deixar acontecer..., praticar a humildade, adorar o calor humano
Saborear as pequenas vitórias, viver apaixonado pela vida, visualizar só coisas boas, entender que há limites, ver a vida com outros olhos, ter pensamentos positivos, ter auto – estima, colocar a sua energia positiva em tudo o que realizar, só se arrepender do que não fez.
Dormir feliz, emanar vibração de amor, saber que estamos só de passagem, melhorar os relacionamentos, aproveitar as oportunidades.
Fascinante para mim é...
Ouvir o coração...
ACREDITAR NA VIDA!
(Autor desconhecido)

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

UMA HOMENAGEM - OBRIGADO

Hoje fui surpreendido por uma homenagem, que tocou fundo dentro de mim e que me faz pensar... Vale a pena.
Nesta minha (nossa) caminhada em que por vezes navegamos pelos trilhos da internet, vamos contactando e conhecendo "virtualmente" pessoas maravilhosas, dentro de inúmeros amigos que fui arranjando, destaco hoje a Elisabete Gomes e a sua equipa, pois ao incluirem-me como "Amigo" no seu maravilhoso site CO-CRIANDO UM MUNDO NOVO, www.cocriandoummundonovo.wordpress.com, publicaram um artigo sobre mim e uma mensagem minha que me é muito querida " A Tabuleta".
Amiga, não sei se serei merecedor da sua atenção, mas... isso trouxe-me mais responsabilidades, espero correponder a esta distinção.
Vou transcrever o que há dias disse num comentário e que hoje está actual:
"Amiga Elisabete
Obrigado pelas mensagens lindas e pelas lições que eu vou colhendo neste seu site maravilhoso, sem qualquer modéstia digo-lhe que aprendo muito consigo.
Obrigado também por me incluir no seu espaço “Amigos”, sou-o concerteza e estou sempre disponível.
E obrigado pelas palavras magníficas que me dirige ao comentar os posts do meu blog (será que mereço? )
Amiga agradeço de todo o coração a sua amabilidade e deixo-lhe um pensamento que tenho sempre enquanto estou vivo “Prefiro que me digas umas palavras de alento, agora que estou vivo, do que um fastidioso discurso quando eu morrer”.
Grato pelas palavras de alento."
Caminhante

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

REFORÇA A TUA FÉ

Continua a escrever sem identidade, não peças que te leiam, espera! Não escreves em vão.
Não fiques triste ou revoltado por dizerem que não posso entrar num Círculo Sagrado, eu estou sempre contigo em todo o lado e se tu entrares num Círculo, eu estou lá contigo, não fiques triste, eu já estou habituado a estas rejeições.
Ajuda, pois muita gente precisa da tua ajuda. No Terreiro da Vida, tens tudo o que precisas, eu estou contigo, meu filho a tua fé é inabalável, não critiques nem faças juízo de valores, quando precisares fala comigo, e manteremos a nossa conversa silenciosa.
A tua fé é tua e lembra-te, cada um tem a sua fé e segue o seu caminho e no final é que nos vamos todos encontrar.
Os teus pedidos…? Vais ver que se vão concretizar, porque pediste com fé e a acreditar.
Ajuda quem te procura, não procures gente para ajudar.
Manda para o ar as sementes da espiritualidade, deixa que brotem e que cresçam, então quem quiser pode colher, mas não tentes arranjar seguidores, deixa as coisas acontecer.
Reforça a tua fé, não tenhas dúvidas… o caminho é longo, já o começaste a percorrer, mas ainda estás no princípio, não te percas a querer ensinar aquilo que ainda não aprendes-te, não queiras seguir o exemplo de outros, tu és tu.
Eu estou contigo.
Vamos ao encontro Daquele que nos espera.

Mensagem do Pai Guiné de Aruanda (10/10/2008)

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

TONY MELENDEZ

Vejam este video, que exemplo de vida...

Não tenho palavras

"OI JESUS É O ZÉ!"

Por certo, já todos nós conhecemos esta história, mas... continua a ser uma lição de fé e oração.Ao meio-dia, um pobre velho entrava no templo e poucos minutos depois saía.
Um dia, o sacristão perguntou-lhe o que vinha fazer, pois havia objectos de valor no templo e tinha receio que alguns desaparecessem.
- Venho orar, respondeu o velho.
- Mas é estranho que você consiga orar tão depressa, disse o sacristão.
- Bem, retorquiu o velho, eu não sei recitar aquelas orações compridas, mas, diariamente, ao meio-dia eu entro neste templo e só digo:
"Oi Jesus, é o Zé, vim te visitar” e num minuto, já estou de saída. É só uma oraçãozinha, mas tenho certeza que ele me ouve.
Alguns dias depois, o Zé sofreu um acidente e foi internado num hospital.
Na enfermaria passou a exercer uma grande influência sobre todos. Os doentes mais tristes tornaram-se alegres, e muitas pessoas arrasadas passaram a ser ouvidas.
Um dia disse-lhe a irmã:
- Os outros doentes dizem que foi você que mudou tudo aqui na enfermaria, eles dizem que você está sempre tão alegre e feliz...
- É verdade irmã, estou sempre alegre. É por causa daquela visita que recebo todos os dias, trazendo-me felicidade.
A irmã ficou atónita, já notara que a cadeira encostada à cama do Zé estava sempre vazia. Ele era um velho solitário.
- Que visita? A que horas?
- Todos os dias, ao meio-dia, respondeu o Zé com um brilho nos olhos, Ele vem, fica ao pé da cama. Quando olho para Ele, sorri e diz:
" Oi, Zé, eu sou JESUS, vim te visitar!"

Não importa o tamanho da oração mas sim a comunhão que através dela temos com o Mestre.

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

O MEU HINO

O meu hino é uma canção de amor
Hei-de cantá-la sempre, para onde eu for
Ela me reconforta o espírito e me transmite vida
Canção bonita, que a minha alma embala
Quando me sinto triste, é ela que me fala
Tudo à minha volta, é natureza florida

Qual musa do amor, encantada
Saberia tocar este hino, à pessoa amada
São notas de música que pairam no ar
E os passarinhos escutam essa melodia
E a todos os homens, transmitem sua alegria
Só a sabe entender, quem muito é capaz de amar

Hino de amor, hino de cor e luz
Foi a herança que nos deixou Jesus
Vamos cantá-lo todos, em uníssono
Para que a Terra tenha melhores condições
E haja mais alegria nos nossos corações
Para que as nossas almas sejam elevadas ao Altíssimo

Hino de amor, hino celeste
Que, a todos os amantes, esperança trouxeste
Nunca devemos deixar de o escutar
No nosso coração, ele deve permanecer
Porque em todos nós, ele faz renascer
Uma alma nova, pronta para amar

É um cântico perfeito, este meu hino de amor
Que ajuda a espairecer toda a espécie de dor
É necessário pôr os sentidos a funcionar
Para que ele tenha eco cá dentro da alma
Devemos relaxar um pouco e sentir a calma
E saborearmos o quanto é bom amar

Melodia de cores, que me leva até ao infinito
Faz com que os meus olhos vejam tudo mais bonito
Tenho a sensação que, no Céu, estou a morar
Venham anjos, com suas vestes de luz
Ajudem-me a levar este hino, aos pés de Jesus
Pois é no Seu Reino, que eu quero habitar

Se todos os homens aprendessem a cantar
O meu hino de amor, a todos iria renovar
Teríamos, então, um mundo muito mais perfeito
No Céu, não víamos as nuvens tão escuras
E os nossos espíritos, seriam almas mais maduras
Esta é a minha crença, é o que sinto cá dentro do peito


Cantem comigo

Poema de uma amiga a quem desejo as maiores graças e que esteja sempre cheia de Luz, Fé e Força.
Amiga um forte abraço e Obrigado pelo poema, mesmo em silêncio eu canto consigo

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

AS MARCAS


Responde para ti mesmo:
- Qual a mensagem que esta foto te transmite?
Sem muito esforço perceberás que a nossa vida é construída, “entalhada”, no dia-a-dia. Estamos sempre a “esculpir” a nossa história.
Às vezes com muita dor… Mas um novo ser pode nascer a cada instante, se tu desejares e permitires.
Já reparaste que na fotografia não há ninguém a ajudá-la a esculpir o próprio “corpo”.
A nossa vida é exactamente assim, no final teremos que prestar contas do que nós fizemos a nós próprios. Já de seguida teremos um novo dia, e isso por si só já significa uma grande novidade, um grande presente.
Essa nova manhã, não tem nada a ver com a manhã de ontem, afinal a manhã de ontem não nos trás nada de novo, já passou, não pode ser alterada. O tempo segue o seu curso irreversível, enquanto nós vamos criando marcas e actos para escrever a nossa história.
“O tempo não pára, e no entanto ele nunca envelhece”
O tempo é o produto mais perecível que existe.
Por isso actua, usa a tua energia para agires bem, usa todos os canais de percepção para contemplares bem, contemplares o belo, o bom.
“Tu tens todo o tempo à tua frente”
Preenche todo esse tempo de momentos de significados e sentimentos especiais. Deixa fluir a tua alegria de viver, esquece as preocupações e amarguras.
Nunca percas tempo com coisas que não queres que aconteçam, assim elas não vão mesmo acontecer, acredita nisso.
Ao contrário ocupa todo o teu espaço mental com coisas que queres que aconteçam e assim ficas mais próximo dos sonhos.
Assim, quando te dispões a viver bem e alegre, além de viveres intensamente a tua vida, irás contagiar todos à tua volta.
Tens que ser o escultor da sua existência, procura “esculpir” bem o teu dia-a-dia.
Faz da tua vida aos olhos do Mestre uma “obra de arte”.

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

NÃO SEI SE A VIDA É CURTA...


"Não sei... se a vida é curta
ou longa demais para nós.
Mas sei que nada do que vivemos tem sentido,
se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo...
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
não seja nem curta,
nem longa demais,
Mas que seja intensa,
verdadeira, pura...
Enquanto durar"

Sabedoria dos mestres

terça-feira, 30 de setembro de 2008

A PAZ QUE TRAGO NO MEU PEITO


A paz que hoje trago no meu peito é diferente da paz que um dia sonhei ...
Quando se é jovem ou imaturo, imagina-se que ter paz é poder fazer o que se quer, repousar, ficar em silêncio e jamais enfrentar uma contradição ou uma decepção.
Todavia, o tempo vai-nos mostrando que a paz é o resultado do entendimento de algumas lições importantes que a vida nos oferece.
A paz está no dinamismo da vida, no trabalho, na esperança, na confiança, na fé...
Ter paz é ter a consciência tranquila, é ter certeza de que se fez o melhor ou pelo menos, se tentou...
Ter paz é assumir as responsabilidades e cumpri-las, é ter serenidade nos momentos mais difíceis da vida.
Ter paz é ter ouvidos que ouvem, olhos que vêem e boca que diz palavras que constroem.
Ter paz é ter um coração que ama...
Ter paz é brincar com as crianças, voar com os passarinhos, ouvir o riacho que desliza sobre as pedras e embala os ramos verdes que nas suas água se espreguiçam...
Ter paz é não querer que os outros se modifiquem para nos agradar, é respeitar as opiniões contrárias, é esquecer as ofensas.
Ter paz é aprender com os próprios erros, é dizer não, quando é não que se quer dizer...
Ter paz é ter coragem de chorar ou de sorrir quando se tem vontade...
Ter paz é ter forças para voltar atrás, pedir perdão, refazer o caminho, agradecer...
Ter paz é admitir a própria imperfeição e reconhecer os medos, as fraquezas, as carências...
A paz que hoje trago no meu peito é a tranquilidade de aceitar os outros como são e a disposição para mudar as próprias imperfeições.
É a humildade para reconhecer que não sei tudo e aprender até com os insectos...
É a vontade de dividir o pouco que tenho e não me aprisionar ao que não possuo.
É melhorar o que está ao meu alcance, aceitar o que não pode ser mudado e ter lucidez para distinguir uma coisa da outra.
É admitir que nem sempre tenho razão e, mesmo que tenha, não brigar por ela.
A paz que hoje trago no meu peito é a confiança naquele que criou e governa o mundo...
A certeza da vida futura e a convicção de que receberei, das leis soberanas da vida, o que a elas tiver oferecido.
Às vezes, para manter a paz que hoje mora no teu peito, é preciso usar um poderoso aliado chamado silêncio.
Lembra-te de usar o silêncio:
Quando ouvires palavras infelizes.
Quando alguém está irritado.
Quando a maledicência te procura.
Quando a ofensa te golpeia.
Quando alguém se irrita.
Quando a crítica te fere.
Quando escutas uma calúnia.
Quando a ignorância te acusa.
Quando o orgulho te humilha.
Quando a vaidade te provoca.
O silêncio é a gentileza do perdão que se cala e espera, por isso é uma poderosa ferramenta para construir e manter a paz.

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

A DIFERENÇA ENTRE A FORÇA E A CORAGEM


É preciso ter força para ser firme, mas é preciso coragem para ser gentil.
É preciso ter força para se defender, mas é preciso coragem para baixar a guarda.
É preciso ter força para ganhar uma guerra, mas é preciso coragem para se render.
É preciso ter força para estar certo, mas é preciso coragem para ter dúvida.
É preciso ter força para se manter em forma, mas é preciso coragem para ficar de pé.
É preciso ter força para sentir a dor de um amigo, mas é preciso coragem para sentir as próprias dores.
É preciso ter força para esconder os próprios males, mas é preciso coragem para demonstrá-los.
É preciso ter força para suportar o abuso, mas é preciso coragem para faze-lo parar.
É preciso ter força para ficar sozinho, mas é preciso coragem para pedir apoio.
É preciso ter força para amar, mas é preciso coragem para ser amado.
É preciso ter força para sobreviver, mas é preciso coragem para viver.
Se você sente que lhe faltam a força e a coragem, queira Deus que o mundo possa abraçá-lo hoje com Calor e Amor!
E que o vento possa levar uma voz que lhe diz que há um Amigo, vivendo num outro lado do Mundo, desejando que você esteja bem e seja feliz.

domingo, 28 de setembro de 2008

MINUTOS DE SEBEDORIA

Procure dar o mais que puder...
Uma boa palavra...
Um sorriso...
Um gesto de incentivo...
Um pensamento generoso...
E você há-de sentir no seu coração a grande verdade: É muito melhor dar que receber!
Ainda não percebeu isto?
Exprimente então!
Ajude alguém desinteressadamente e observe como lhe virá bater à porta, com as mãos cheias de alegria, a maior felicidade que você possa conhecer na sua vida:
A Felicidade de Dar!

sábado, 27 de setembro de 2008

terça-feira, 16 de setembro de 2008

CAMINHANTE

Caminhante, estou contigo...
anda de braço comigo
que a distância não afasta,
vivemos a mesma lida
vagueando pela vida
pouco do mundo nos basta!


Ir de encontro à humanidade
é nossa realidade
que a “gente” não compreende,
com tudo o que construímos
altos e baixos sentimos
já nada nos surpreende!


Ó meu irmão Caminhante
tens coração confiante
tua força arrasta montanhas,
destruído por ralés
mostras agora o que és
no mais fundo das entranhas!


Subi contigo ao “Tibete”!
Parti as minhas amarras!


Busco-me a toda a hora
sonhando ir por aí fora
numa aventura constante,
com verdade podes crer
com tudo o que acontecer
como tu sou caminhante!


Poema da minha amiga Hermínia Nadais
Poetisa, sensível e uma mulher excepcional.
(http://herminianadais.blogspot.com/)

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

CARROÇA VAZIA

Certa manhã, o meu pai convidou-me para dar um passeio pelo bosque e eu aceitei com prazer.
Ele deteve-se numa clareira e depois de um pequeno silêncio perguntou-me:
- Além do cantar dos pássaros, estás a ouvir mais alguma coisa?
Apurei os ouvidos alguns segundos e respondi:
- Estou a ouvir o barulho duma carroça.
- Isso mesmo, disse o meu pai. É uma carroça vazia...
Perguntei ao meu pai:
- Como pode saber que a carroça está vazia, se ainda não a vimos?
- Ora, respondeu o meu pai. É muito fácil saber que uma carroça está vazia, por causa do barulho. Quanto mais vazia a carroça está, maior é o barulho que faz.
Tornei-me adulto e até hoje, quando vejo uma pessoa a falar demais, a gritar e a intimidar, prepotente, inoportuna, interrompendo a conversa de toda a gente, querendo demonstrar que é dona da razão e da verdade absoluta, ou quando eu, por distracção, me vejo prestes a fazer o mesmo, tenho a impressão de ouvir a voz do meu pai dizendo:
“Quanto mais vazia a carroça está, mais barulho ela faz…”
Pensem nisto…

(Desconheço o autor, mas é uma realidade...)

AS CORDAS DO VIOLINO

Era uma vez um grande violinista chamado Paganini, alguns diziam que ele era muito estranho, outros que era sobrenatural.
As notas mágicas que saíam do seu violino tinham um som diferente, por isso ninguém queria perder a oportunidade de ver o seu espectáculo.
Certa noite, o palco de um auditório repleto de admiradores, estava preparado para recebê-lo. A orquestra entrou e foi aplaudida, o maestro foi ovacionado, mas quando a figura de Paganini surgiu triunfante, o público delirou.
Breves e semibreves, fusas e semifusas, colcheias e semicolcheias pareciam ter asas e voar com o toque daqueles dedos encantados. Paganini coloca seu violino no ombro e o que se assiste a seguir é indescritível, de repente um som estranho interrompe o devaneio da plateia, uma das cordas do violino de Paganini arrebenta.
O maestro parou, a orquestra parou, o público parou, mas Paganini não parou, olhando para sua partitura, ele continua a tirar sons deliciosos de um violino com problemas. O maestro e a orquestra, empolgados, voltam a tocar.
Mal o público se acalmou, um outro som perturbador desvia a atenção dos assistentes, outra corda do violino de Paganini rompe-se, o maestro parou de novo, a orquestra parou de novo, Paganini não parou.
Como se nada tivesse acontecido, ele esqueceu as dificuldades e avançou tirando sons do impossível, o maestro e a orquestra, impressionados voltam a tocar.
Mas o público não poderia imaginar o que iria acontecer a seguir, todas as pessoas ficaram pasmadas, gritaram OOHHH!, que ecoou pela abobadilha daquele auditório.
Uma terceira corda do violino de Paganini quebra-se.
O maestro pára, a orquestra pára, a respiração do público pára, mas Paganini não pára. Como se fosse um contorcionista musical, ele tira todos os sons da única corda que sobrara daquele violino destruído, nenhuma nota foi esquecida, o maestro empolgado anima-se, a orquestra motiva-se, o público parte do silêncio para a euforia, da inércia para o delírio.
Paganini atinge a glória, o seu nome corre através do tempo, ele não é apenas um violinista genial, é o símbolo do profissional que continua diante do impossível.
MORAL DA HISTÓRIA
Eu não sei o tipo de problemas que você terá, pode ser um problema pessoal, conjugal, familiar, sei lá o que pode estar a afectar a sua auto-estima ou o seu desempenho profissional, mas uma coisa eu sei, nem tudo está perdido, ainda existe uma corda e é ao tocá-la que você exercerá o seu talento, ao tocá-la é que você irá vibrar.
Aprenda a aceitar que a vida lhe deixará sempre uma última corda. Quando você estiver desanimado, nunca desista, ainda existirá a corda da persistência inteligente, do "tentar mais uma vez ", do dar um passo a mais com energia renovada.
Desperte o Paganini que existe dentro de si e avance para vencer. A vitória é a arte de você continuar onde os outros resolvem parar. Quando tudo parece ruir, dê uma oportunidade a si mesmo e vá em frente, toque na corda da motivação e tire sons de resultados positivos.
Mas antes pergunte: quem motiva o motivador? Isto é: quem motiva seu cérebro, que motiva a sua mão que toca o seu violino?
Não se frustre, não se desespere, lembre-se: ainda existe a última corda, a do aprender de novo para deslumbrar e gerar soluções. Nunca a vida lhe quebrará todas as cordas. Se os resultados estão mal, é a sua oportunidade de tocar a última corda, a da imaginação que reinventa o futuro com inovação contínua. É sempre a corda esquecida que lhe dará o maior resultado.
Mas, se por acaso você estiver mesma no fundo do poço, esta é a sua oportunidade de tocar na melhor corda do universo:
ACREDITAR EM VOCÊ!!!

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

PALAVRAS QUE SÃO PUNHAIS

Existem quatro coisas na vida que não se podem recuperar:
1 – As palavras depois de proferidas…
2 – As pedras depois de atiradas…
3 – A ocasião depois de perdida…
4 – O tempo depois de passado… (Frei Betto)


A vida traz-nos muitas surpresas, por vezes algumas inesperadas e desagradáveis.
De repente, entre a acalmia de uns dias bem passados, nasce uma chama de violência que vem alterar todo um sentido de vida e de comunhão entre pessoas.
Sempre ouvi dizer e partilho plenamente dessa ideia, que a família é a que temos sem a podermos escolher, mas os amigos, esses temos o livre arbítrio de escolha… e é nesta opção de vida que magoa ainda mais quando somos “feridos”.
Ninguém é igual a ninguém, cada um tem o seu carácter e a sua personalidade, mas todos nós devemos pensar bastante antes de falarmos, principalmente se for para acusar…
As palavras depois de proferidas são piores que pedras atiradas, que ocasiões perdidas, que tempo irrecuperável.
Deixam feridas na alma e dor no coração, as feridas cicatrizam e a dor atenua, mas as palavras foram ditas e quando são proferidas por pessoas em quem criamos grandes expectativas e amigos de longos anos, mesmo cicatrizadas as feridas continuam a doer.
Reconheço quando as pessoas acham que estou a mais, têm esse direito e retiro-me, só sou feliz onde sou bem aceite.
Mas que magoa, magoa… e muito.

Caminhante

terça-feira, 12 de agosto de 2008

AGORA QUE ESTOU VIVO


Prefiro que estejas comigo uns poucos de minutos agora que estou vivo, do que uma noite de velório quando eu morrer.
Prefiro que segures suavemente a minha mão agora que estou vivo, e não apoies o teu corpo sobre mim quando eu morrer.
Prefiro que me dês uma pequena flor agora que estou vivo, e não me tragas um enorme ramo quando eu morrer.
Prefiro que rezemos uma oração ao Mestre agora que estou vivo, do que uma missa cantada e celebrada quando eu morrer.
Prefiro que me digas umas palavras de alento agora que estou vivo, do que um discurso fastidioso quando eu morrer.
Prefiro escutar um único acorde de guitarra agora que estou vivo, do que uma comovedora missa cantada quando morrer.
Prefiro que me dediques umas palavras amigas e sinceras agora que estou vivo, do que um epitáfio na minha campa quando morrer.
Prefiro desfrutar dos mais pequenos detalhes agora que estou vivo, do que grandes manifestações quando morrer.
Prefiro escutar-te um pouco nervoso dizendo o que sentes por mim agora que estou vivo, do que um grande lamento por o não teres dito a tempo quando morrer.
Aproveitemos os nossos seres queridos e os nossos amigos, agora que estão entre nós.
Valoriza as pessoas que estão ao teu redor, Ama-as, Respeita-as, junta-te a elas… enquanto estão vivas, depois da morte tudo é desnecessário.

terça-feira, 5 de agosto de 2008

PEDAÇOS DE AMIZADE

Penso que o tempo que passamos com cada amigo é o que torna cada amigo tão importante.
As amizades constroem-se com pequenos momentos, pedacinhos de tempo que vivemos com cada pessoa.
O importante não é a quantidade de tempo que passamos com cada amigo, mas sim a qualidade de tempo que vivemos com cada pessoa, cinco minutos podem ser mais importantes que um dia inteiro.
Assim sendo, existem amizades construídas por sorrisos e dores partilhados; outras pela escola, outras por saídas, cinema e diversão; também existem aquelas que nascem e não sabemos de quê ou por quê, mas sabemos que estão presentes.
Talvez essas estejam fundadas em silêncios partilhados, ou pela simpatia mútua para a qual não encontramos explicação. Também existem hoje muitas amizades construídas em e-mails, nossas “amizades virtuais”que nos fazem rir, pensar, reflectir...
Aprendemos a apreciar as pessoas sem julgá-las pela sua aparência ou modo de ser, sem as poder rotular (como algumas vezes o fazemos inconscientemente). Há amizades profundas que nascem assim.
Saint-Exupéry disse: “Foi o tempo que passaste com a tua rosa que a tornou tão importante". Penso que o tempo que passamos com cada amigo é o que o torna tão importante.
Porque o tempo que “perdemos” com os amigos não existe, é tempo ganho, aproveitado, vivido, são recordações para um momento ou para toda uma vida.
Um amigo é importante para nós e nós para ele, quando somos capazes, mesmo na sua ausência, de rir ou chorar, de estranhar ou querer estar perto dele para desfrutar da sua companhia.
Podemos ter vários melhores amigos de maneiras diversas, o importante é saber aproveitar ao máximo cada minuto vivido e ter depois, nas nossas recordações, horas para passar com eles, mesmo estando longe.
Tu és responsável pelo que semeias... E aprende a semear coisas boas...
"O AMIGO AUTÊNTICO É O QUE SABE TUDO SOBRE TI E CONTINUA A SER TEU AMIGO". Kurt D. Cobain

quinta-feira, 24 de julho de 2008

JÁ…

Já pensei em desistir, por de parte os meus objectivos e sonhos.
Já chorei amargurado pela injustiça que caiu sobre mim.
Já suportei toda a angústia e responsabilidade sem partilhar com ninguém.
Já senti a solidão, embora me encontrasse no meio de tanta gente.
Já falei sem ser ouvido.
Já lutei por causas perdidas.
Já senti o sabor amargo da derrota.
Já quase acreditei que pouco valia.
Mas nestas situações sempre pedi ao Mestre: Força, Luz, Confiança, Fé.
E Ele responde-me de diversas formas e quanto menos espero, faz-se justiça, abrem-se portas para novos sonhos, surge a esperança e novas batalhas para serem vencidas.
E eu insisto em acreditar, prosseguir, caminhar, mesmo sabendo que o caminho é o mais difícil, mais acidentado e talvez o mais arriscado, mas é o caminho que o Mestre me indica.
As dificuldades e os obstáculos são imensos, mas ultrapassáveis. Os rios no seu percurso para o mar também encontram todo o tipo de barreiras e entraves, mas ultrapassam-nos e chegam ao seu destino.
Agora quando penso em desistir, troco esse pensamento por confiança e luta.
Quando choro, seco as lágrimas pois sei que será feita justiça.
Quando sinto solidão, sei que nunca estou sozinho, o Mestre e os meus Guias estão sempre comigo.
Já não me importo de falar sem ser ouvido, mas continuo a falar.
Agora luto, pois tenho a certeza que nenhuma causa está perdida.
Se voltar a sentir o sabor amargo da derrota, continuo a lutar até sentir a fragrância aromática da vitória.
Agora conheço o meu valor e sei qual a minha missão…
Vou continuar a minha caminhada, não sei quando chegarei, mas sei que Ele está à minha espera.


Caminhante

sexta-feira, 18 de julho de 2008

VIVER

Viver, não é dar um pouco... É dar sempre.
Não é apenas suportar a ofensa... É esquecê-la.
Não é compadecer... É ajudar, mesmo que isso se torne incómodo.
Viver, não é simplesmente sorrir... É mais do que isso, é fazer alguém sorrir.
Viver, não é medir a sua ajuda... É ajudar sem medir. Não é ajudar somente quem está perto, mas estar sempre perto para ajudar.

Quem realmente vive e ama, não faz o que pode... Faz o impossível.
Viver é sempre dizer aos outros que eles são importantes, que nós os amamos, porque um dia eles se vão e ficamos com a nítida impressão de que não os amámos o suficiente.
V I V A... Ame as pessoas ao seu redor, diga-lhes o quanto elas significam para si, perceba que a felicidade é uma coisa tão simples, que você pode alcançá-la num só gesto, desde que esse gesto transmita tudo de bom que existe em si, desde que signifique SINCERIDADE, desde que demonstre AMOR.

MORRER LENTAMENTE...

Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo.
Morre lentamente quem destrói seu amor-próprio, quem não se deixa ajudar.
Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito repetindo todos os dias os mesmos trajectos, quem não muda de marca, não se arrisca a vestir uma nova cor ou não conversa com quem não conhece.
Morre lentamente quem evita uma paixão e seu redemoinho de emoções, justamente as que resgatam o brilho dos olhos e os corações aos tropeços.
Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho, ou amor, quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, quem não se permite, pelo menos uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos...
Viva hoje!
Arrisque hoje!
Faça hoje!
Não se deixe morrer lentamente!
NÃO SE ESQUEÇA DE SER FELIZ!

Um texto de Pablo Neruda

quarta-feira, 9 de julho de 2008

DEIXEMO-NOS TOCAR POR UM ANJO

Ao longo da vida, devemos ter sempre presente que nunca estamos sós!
Viemos com uma missão, com um objectivo específico, e disso não existem dúvidas.
No entanto, muitos de nós, devido ao estilo de vida que levamos, perdemo-nos no tempo, e de repente é como se a estrada terminasse... não existe direcção, não existe saída!
Devemos deixar-nos orientar por aqueles que possuem a sabedoria divina! Deixemo-nos guiar pelos nossos guias, e seres de luz que nos acompanham, invisíveis, mas sempre presentes!

Vamos estar mais atentos, mais presentes em cada momento do nosso dia!
Vamos finalmente perceber que podemos ser tocados por um anjo!
Vamos permitir que isso aconteça nas nossas vidas!
Hoje, senti-me tocado por um anjo!
Apenas deixei fluir, e por uns breves instantes, esse anjo abraçou-me, elevando-me uns pequenos milímetros do chão!
Não duvide, não questione, apenas sinta...e deixa fluir!
O seu anjo aguarda a sua chamada...deixe-se tocar por ele!


Universo Espírito de Luz

SER AUTENTICO

É necessário ser autêntico, ser diferente, e sobretudo genuíno!
Não devemos ocultar a nossa verdadeira essência! Caso contrário, corremos o risco de não cumprir o nosso mandato!
Deve abrir o seu coração! Não se desgaste a pensar no que a “outra”, ou “outras” pessoas possam pensar a seu respeito!
Mudar a sua maneira de ser por um instante, apenas vai semear um possível fracasso, seja ele no campo profissional, pessoal ou social!
Já pensou se fossemos todos iguais? Que monotonia seria?
Ao tomar esta atitude, ao ser apenas você mesmo, vai descobrir que a vida é uma aventura!
Vai descobrir que cada dia, cada minuto, é precioso e vai perceber que deve ser vivido intensamente!

Universo Espírito de Luz

O NOSSO MAIOR MEDO...

O nosso maior medo, não é sermos inadequados, o nosso maior medo é ter mais poder do que podemos medir.
É a nossa luz que nos assusta e não a nossa escuridão.
Perguntamos a nós mesmos: quem somos nós para sermos brilhantes, talentosos e fabulosos?
Na verdade, quem é você para não ser?
Você é uma criança de Deus.
Fingir que é pequeno não ajuda o mundo.
Não há nada de inspirador, em se conter, para que as pessoas não se sintam inseguras perto de você.
Estamos todos destinados a brilhar, como crianças.
Nascemos para manifestar a glória de Deus dentro de nós.
Que não vive só em alguns, vive em todos nós.
Quando deixamos a nossa própria luz brilhar, inconscientemente permitimos que outras pessoas também o façam.
Quando nos livramos do medo, a nossa presença automaticamente liberta os outros também.”

Nelson Mandela

Universo Espírito de Luz

terça-feira, 1 de julho de 2008

CONFIA

Sentes-te injustiçado, mas não julgues.
Entrega a causa nas mãos Divinas, e... confia!
A decisão do Mestre pode-te parecer lenta, mas é justa.
Segue os teus princípios espirituais baseados na Fé e Humildade e acredita nas razões Superiores.
Mensagem recebida pelo Caminhante

segunda-feira, 30 de junho de 2008

FALAR COM DEUS

Sê alegre e óptimista.
Deus está dentro de ti.
Não penses como alguns pobres de espírito, a quem erradamente ensinaram, que Deus está muito longe, sentado num trono de ouro, que é inacessível e que O devemos temer.
Não penses assim, não O procures no céu, nas nuvens, nas estrelas ou nos altares, nem tão alto que nunca O poderás alcançar.
Ele está dentro de ti e fala-te pela voz da tua consciência.
Procura-O vivendo com pureza no coração e amando tudo ao teu redor.
Acende uma luz interna de sabedoria e bondade.
Dedica alguns minutos do teu dia a Deus, meditando e ouvindo o teu silêncio, pois assim encontras Deus e não trevas no teu caminho.
Mergulha no teu interior e ouve a voz da tua consciência, que é a voz silenciosa de Deus falado dentro de ti.

ÂNIMO


Tenha coragem, fé e ânimo e vencerá todas as dificuldades.
A vida apresenta-nos problemas, às vezes, muito difíceis que nos levam quase ao desânimo.
Mas, dificuldade superada é problema resolvido.
Jamais desanime.
Você há-de resolver galhardamente todos os problemas que se apresentarem.
Se o problema for complexo, divida-o em partes e vença cada uma delas separadamente.
Tenha coragem, fé e ânimo.
Jamais dasanime.

HUMILDADE


Não te envergonhes de ser humilde.
A humildade consiste no conhecimento perfeito daquilo que somos e o que podemos, sem nos manifestarmos com qualidades que não temos.
Humildade não é posição do corpo nem tom de voz. É posição do espírito, que sabe o que é e o que pode, e não precisa de se manifestar aos outros. Vale por si mesmo.
Sê, pois, humilde!

sábado, 14 de junho de 2008

E SE DOER, ASSOBIE...

Olhe para o seu passado. Veja todos os obstáculos que superou.
Faça um balanço de tudo que ganhou, tudo o que perdeu, mais o que aprendeu, verá que é positivo.
Depois olhe em frente, não fique parado... Continue...
Se cair levante-se, se chorar seque as lágrimas...
E SE DOER... ASSOBIE...
Estabeleça metas e sonhos, tenha sempre planos e projectos, corra atrás de um objectivo, prossiga com firmeza... Nunca desista.
Aprenda a linguagem que fala o seu coração e ouça o que ele diz.
Mantenha puros os seus pensamentos, sentimentos e emoções, pois o seu amanhã, será o resultado deles hoje.
Não deixe os gritos mudos estraçalharem o seu “EU” interior, nem troque a esperança de amor, felicidade e prosperidade, pela mágoa, desilusão, solidão, desespero e pobreza.
Aprenda a amar-se e respeitar-se a si mesmo, para saber e poder amar o próximo e entender as mil palavras que um só silencio é capaz de lhe dizer.
Olhe para o lado, estenda a mão e socorra quem precisa de você, mas também tenha a humildade de pedir ajuda quando precisar.
E SE DOER... ASSOBIE...
Perceba as pequenas coisas do dia-a-dia que aparentemente são tão insignificantes, aprenda a valorizá-las, pois é a soma delas que nos fazem rir e sonhar e mostram o caminho para a felicidade nos encontrar.
Não deixe de falar com o mar nem de suspirar para a lua, encontre tempo para fazer um pedido a uma estrela cadente.
Não esqueça de dar um olhar carinhoso, um aperto de mão, um sorriso rasgado, um abraço apertado, um beijo demorado.
E mais que tudo aprenda a agradecer falando com DEUS constantemente, o tempo todo, por tudo e por nada.
Perceba a profundidade, a riqueza e o poder da bondade Divina, sinta este DEUS que olha por si todos os dias da sua vida.
Onde há uma vontade, há um caminho, onde há boa vontade, há muitos caminhos.
Mesmo na agitação desta vida, haverá sempre tempo para nos lembrarmos das pessoas que compartilham os mesmos caminhos que nós.
Um Abraço no seu coração e um beijo na sua alma.
E SE DOER... ASSOBIE...

quarta-feira, 7 de maio de 2008

QUANDO A VIDA ME SORRIA

Quando a vida me sorria
Cheguei a acreditar
Que tinha outra família
Cheguei a acreditar
Que era querido por igual
Cheguei a acreditar
Que era aceite pelo que sou
… Quando a vida me sorria

Quando a vida me sorria
Cheguei a acreditar
Que era feliz e respeitado
Cheguei a acreditar
Que tinha mais irmãos
Cheguei a acreditar
Que não era descriminado
Cheguei a acreditar
Que tinha muitos amigos
… Quando a vida me sorria

Quando a vida me sorria
Cheguei a acreditar
Que a vida me sorria

Mas não sorria
Era o "poder" que me dava essa ilusão

Caminhante

sexta-feira, 2 de maio de 2008

MINUTOS DE SABEDORIA

Embora sozinho, continue a sua caminhada!
Se todos o abandonarem, prossiga a sua jornada.
Se as trevas crescerem em seu redor, mais uma razão para que você mantenha acesa a pequenina chama da sua Fé.
Não deixe que a luz se apague, para que você mesmo não fique nas trevas.
Ilumine com a sua Luz, as trevas que o circundam.

quarta-feira, 23 de abril de 2008

A MÚSICA VAI ACABAR…

É tão fácil perder de vista o que é importante!
Dança Lentamente...
Alguma vez observaste as crianças a brincar? Ou ouviste a chuva bater no chão?
Alguma vez seguiste o voo desajeitado duma borboleta? Ou fixaste o olhar no crepúsculo?
Alguma vez ouviste o teu silêncio? Ou o sussurrar do ribeiro?
É melhor diminuíres o passo.
Não dances tão depressa...
...o tempo é curto, a música vai acabar...
Corres atrás de cada dia voando?
Quando perguntas a alguém “Como vais?” Esperas pela resposta?
Quando o dia acaba, deitas-te na cama com o amanhã e o passado dando voltas à tua cabeça?
É melhor diminuíres o passo.
Não dances tão depressa...
...o tempo é curto, a música vai acabar…
Disseste alguma vez a uma criança: “Vamos deixar isso para fazer amanhã?” E na tua pressa, não viste a tristeza dela?
Perdeste contactos, deixaste uma boa amizade morrer porque nunca tiveste tempo para ligar e dizer “Olá”.
É melhor diminuíres o passo.
Não dances tão depressa...
...o tempo é curto, a música vai acabar...
Na tua ambição desmedida, já notaste que magoas a tua família, os teus irmãos?
Tu não és perfeito, só Deus pode julgar.
Já pensaste bem como conseguiste os bens que possuis?
Não sejas juiz dos outros e do que eles perderam, tu também vais cá deixar tudo.
É melhor diminuíres o passo.
Não dances tão depressa...
...o tempo é curto, a música vai acabar...
Quando corres tão depressa para chegar a qualquer lugar, perdes metade da satisfação de chegar lá.
Quando te preocupas e te apressas durante todo o dia, é como se fosses um presente que não foi aberto... um presente deitado fora!
É melhor diminuíres o passo.
Não dances tão depressa...
...o tempo é curto, a música vai acabar...
A vida não é uma corrida...
Leva-a mais devagar.
Ouve a música, antes que a canção ACABE!
Caminhante

quinta-feira, 27 de março de 2008

REVOLUÇÃO DA ALMA


Ninguém é dono da sua felicidade, por isso não entregues a tua alegria, a tua paz, a tua vida nas mãos de ninguém, absolutamente ninguém.
Somos livres, não pertencemos a ninguém e não podemos querer ser donos dos desejos, da vontade ou dos sonhos de quem quer que seja.
A razão da tua vida, és tu mesmo.
A tua paz interior é a tua meta de vida, quando sentires um vazio na alma, quando acreditares que ainda está faltando alguma coisa, mesmo tendo tudo, remetes o teu pensamento para os teus desejos mais íntimos e procura a divindade que existe em ti. Pára de colocar a tua felicidade cada dia mais distante de ti.
Não coloques o objectivo longe demais das tuas mãos, abraça os que estão hoje ao teu alcance. Se andas desesperado com problemas financeiros, amorosos ou com relacionamentos familiares, procura no teu interior a resposta para te acalmares, tu és o reflexo do que pensas diariamente. Pára de pensar mal de ti mesmo, e sê sempre o teu melhor amigo.
Sorrir significa aprovar, aceitar, felicitar. Então abre um sorriso para aprovar o mundo que te quer oferecer o melhor.
Com um sorriso no rosto as pessoas terão melhor impressão de ti, e tu estarás a afirmar para ti mesmo que estás "pronto” para ser feliz.
Trabalha, trabalha muito a teu favor. Pára de esperar a felicidade sem esforços. Pára de exigir das pessoas aquilo que nem tu ainda conquistaste.
Critica menos, trabalha mais. E, nunca te esqueças de agradecer.
Agradeça tudo que está na tua vida nesse momento, inclusive a dor.
A nossa compreensão do universo, ainda é muito pequena para julgar o que quer que seja na nossa vida.
A grandeza não consiste em receber honras, mas em merecê-las.


Embora esta mensagem pareça tão recente, Aristóteles, filósofo grego, escreveu este texto a "Revolução da Alma" no ano 360 a.C., e é eterno.

NÃO FIQUES PARADO

Não fiques parado à espera dos pedidos que fizeste ao Senhor...
Os braços parados nada produzem.
As mãos que não ajudam, tornam-se inúteis.
Confia no Mestre, mas...
Trabalha com entusiasmo e alegria, e assim surgirá a solução de todas as tuas dificuldades.
Procura gostar do trabalho que realizas, e dentro de pouco tempo terás a alegria dos pedidos realizados.
Lembra-te o que Jesus disse ao naufrago quando este lhe pediu ajuda:
"Meu filho eu ajudo-te, mas não pares de nadar...".

A TUA PRECE

Não transformes a tua prece num peditório insistente!
"O Mestre sabe aquilo que necessitamos, mesmo antes de pedirmos".
Quando quiseres alguma coisa para ti, pede também para os outros, para todos os que estiverem nas mesmas condições.
No momento de oração, evita o egoísmo.
A prece é a melhor ocasião de demonstrarmos o nosso amor.
E pedindo para todos, com amor, seremos os primeiros a receber o benefício.
"Quem acende uma Luz, é o primeiro a ser iluminado".

sábado, 22 de março de 2008

LEMBRAR JESUS NA QUADRA PASCAL

Porque teimam em vê-Lo na cruz?
Porque querem perpetuar a imagem de Jesus com dor e sofrimento?
Porque querem continuar a lembrar a humilhação de Jesus?
Porque querem continuar a reter a imagem de Jesus vencido e derrotado?

Acabem com esse conceito deprimente, que Jesus tem que ser lembrado na cruz, que Jesus tem que ser lembrado pelo seu sofrimento, e que nós devemos sentir eternamente a sua dor.
Nada disso, esse conceito foi criado e continua a ser alimentado por gente mórbida que prega o sofrimento, a dor, o sacrifício, como único meio de nos libertarmos do nosso carma.
Não é isso que Jesus quer, o Pai não quer o sacrifício dos filhos, o Pai não quer que os filhos passem o que Ele passou.
O Pai quer-nos alegres, felizes, fortes e cheios de Fé. Não deprimidos, tristes e derrotados.



Jesus é, foi e será sempre um Vencedor. É isso que Ele espera de nós
Jesus é Poder, Força e Fé . Ele ascendeu para junto do Pai e assim está vivo dentro de nós.
Jesus é Lindo, Alegre e Feliz
É assim que Ele quer ser lembrado e que todos o vejam.

Lembrem-se!
Jesus já não está na cruz, Jesus está dentro de nós, está em todo o lado.
Nesta quadra Pascal, vejam Jesus como o Mestre que deu a vida terrena por nós, mas continua eternamente vivo e Celestial.

Recebam o seu abraço.

Caminhante 21/03/2008

segunda-feira, 3 de março de 2008

MINUTOS DE SABEDORIA 120

Não pense constantemente nas suas dificuldades e dores, porque isso prejudica a sua saúde, provoca enfermidades.
Não dê ao seu corpo alimentos nocivos de pensamentos negativos.
Fale sempre de saúde e riqueza, de progresso e vitória.
Diga: “A força de Deus habita dentro de mim”.
Os bons pensamentos produzem frutos de alegria e aumentam a felicidade cada dia mais.
A palavra do homem é responsável pelo estado da sua saúde física.

sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

MINUTOS DE SABEDORIA

Se alguém se queixar da vida ao seu lado, responda com palavras de encorajamento.
Não aumente o peso, a quem já sente demasiado o peso que carrega.
Se alguém se lamenta da vida, procure mostrar os lados bons e belos da existência.
Não contribua com as suas próprias lamentações para o desânimo do companheiro.
Reanime-o com esperança e com bom ânimo, com palavras de incentivo e coragem.
Talvez desse remédio dependa a cura do seu coração desalentado.

SERAPIÃO

Serapião era um velho mendigo que preambulava pelas ruas da cidade.
Ao seu lado, o fiel escudeiro, um vira-lata que dava pelo nome de Malhado.
Serapião não pedia dinheiro, aceitava sempre um pão, uma banana, um pedaço de bolo ou um almoço feito com sobras de comida dos mais abastados.
Quando suas roupas estavam imprestáveis, era sempre socorrido por alguma alma caridosa, mudava a apresentação e era alvo de brincadeiras.
Serapião era conhecido como um homem bom, que perdera a razão, a família, os amigos e até a identidade. Não bebia bebidas alcoólicas, estava sempre tranquilo, mesmo se não tivesse um pouco de comida. Dizia sempre que Deus lhe daria um pouco na hora certa e, sempre na hora que Deus determinava, alguém lhe estendia uma porção de alimentos. Serapião agradecia com reverência e rogava a Deus pela pessoa que o ajudava.
Tudo o que recebia, dava primeiro ao Malhado que, paciente comia e ficava a esperar de mais um pouco. Não tinham onde dormir, onde anoiteciam, lá dormiam. Quando chovia, procuravam abrigo debaixo da ponte e, ali o mendigo ficava a meditar, com um olhar perdido no horizonte.
Aquela figura deixava-me sempre pensativo, pois eu não entendia aquela vida vegetativa, sem progresso, sem esperança e sem um futuro promissor.
Certo dia, com a desculpa de lhe oferecer umas bananas fui conversar com o velho Serapião. Iniciei a conversa falando do Malhado, perguntei pela idade dele, mas o Serapião não sabia. Dizia não ter ideia, pois encontraram-se um certo dia quando ambos andavam pelas ruas e disse:
- A nossa amizade começou com um pedaço de pão, ele parecia estar faminto e eu ofereci-lhe um pouco do meu almoço e ele agradeceu abanando o rabo, e a partir daí, não me largou mais, ele ajuda-me muito e eu retribuo essa ajuda sempre que posso.
Curioso perguntei-lhe: Como é que vocês se ajudam?

- Ele vigia-me quando estou a dormir, ninguém pode chegar perto que ele ladra e ataca, também quando ele dorme, eu fico de vigia, para que nenhum cachorro o incomode.
Continuando a conversa, perguntei:

- Serapião, você tem algum desejo na vida?
- Sim, respondeu ele, tenho vontade de comer um cachorro quente, daqueles que a Zezé vende ali na esquina.
- Só isso? Indaguei.
- É, no momento é só isso que eu desejo.
- Pois bem, vou satisfazer agora esse grande desejo.
Saí e comprei um cachorro quente para o mendigo, e ofereci-o.
Ele arregalou os olhos, deu um sorriso, agradeceu a dádiva e em seguida tirou a salsicha e deu-a ao Malhado, e comeu o pão com os temperos. Não entendi aquele gesto do mendigo, pois imaginava ser a salsicha o melhor pedaço, não me contive e perguntei intrigado:

-Porque deu ao Malhado a melhor parte do cachorro quente, que é a salsicha?
Ele com a boca cheia respondeu:

- Para o melhor amigo, o melhor pedaço!
E continuou a comer, alegre e satisfeito.
Despedi-me do Serapião, passei a mão na cabeça do Malhado e sai pensando...
Aprendi como é bom ter amigos.
Pessoas em que possamos confiar.
Por outro lado, é bom ser amigo de alguém e ter a satisfação de ser reconhecido como tal.
Jamais esquecerei a sabedoria daquele eremita:
" PARA O MELHOR AMIGO O MELHOR PEDAÇO "


Autor do texto: Desconhecido

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

ESTOU A APRENDER

Estou a aprender a aceitar as pessoas, mesmo quando elas me desapontam, quando fogem do ideal que tenho para elas, quando me ferem com palavras ásperas ou acções impensadas.
É difícil mas tenho que aceitar as pessoas assim como elas são e não como eu desejava que elas fossem.
É difícil, muito difícil, mas estou a aprender...
Estou a aprender a amar, estou a aprender a escutar, escutar com os olhos e ouvidos, escutar com a alma...e com todos os sentidos.
Escutar o que diz o coração, o que dizem os ombros caídos, os olhos, as mãos irrequietas, escutar a mensagem que se esconde por entre as palavras corriqueiras e superficiais.
Descobrir a angústia disfarçada, a insegurança mascarada, a solidão encoberta, o sorriso fingido, a alegria simulada, a vanglória exagerada. Descobrir a dor de cada coração. Aos poucos, estou a aprender a amar.
Estou a aprender a perdoar. Pois o amor perdoa, deita fora as mágoas, e apaga as cicatrizes que a incompreensão e a insensibilidade gravam num coração ferido.
O amor não alimenta mágoas com pensamentos dolorosos, não cultiva ofensas com lástimas e auto comiseração, o amor perdoa, esquece, extingue todos os traços de dor no coração.
Passo a passo, estou a aprender a perdoar, a amar.
Estou a aprender a descobrir o valor que se encontra dentro de cada vida, de todas as vidas, valor soterrado pela rejeição, pela falta de compreensão, carinho e aceitação, pelas experiências duras, vividas ao longo dos anos.
Estou a aprender a ver, nas pessoas a sua alma e as possibilidades que Deus lhes deu.
Estou a aprender. Mas como é lenta a aprendizagem!
Como, é difícil amar incondicionalmente...
Todavia, tropeçando, errando, estou a aprender...
Vou tentar amar os meus semelhantes como Deus me ama...