terça-feira, 12 de agosto de 2008

AGORA QUE ESTOU VIVO


Prefiro que estejas comigo uns poucos de minutos agora que estou vivo, do que uma noite de velório quando eu morrer.
Prefiro que segures suavemente a minha mão agora que estou vivo, e não apoies o teu corpo sobre mim quando eu morrer.
Prefiro que me dês uma pequena flor agora que estou vivo, e não me tragas um enorme ramo quando eu morrer.
Prefiro que rezemos uma oração ao Mestre agora que estou vivo, do que uma missa cantada e celebrada quando eu morrer.
Prefiro que me digas umas palavras de alento agora que estou vivo, do que um discurso fastidioso quando eu morrer.
Prefiro escutar um único acorde de guitarra agora que estou vivo, do que uma comovedora missa cantada quando morrer.
Prefiro que me dediques umas palavras amigas e sinceras agora que estou vivo, do que um epitáfio na minha campa quando morrer.
Prefiro desfrutar dos mais pequenos detalhes agora que estou vivo, do que grandes manifestações quando morrer.
Prefiro escutar-te um pouco nervoso dizendo o que sentes por mim agora que estou vivo, do que um grande lamento por o não teres dito a tempo quando morrer.
Aproveitemos os nossos seres queridos e os nossos amigos, agora que estão entre nós.
Valoriza as pessoas que estão ao teu redor, Ama-as, Respeita-as, junta-te a elas… enquanto estão vivas, depois da morte tudo é desnecessário.

3 comentários:

Nuno disse...

amigo, há sempre uma beleza pura ou uma pureza bela nas suas frases.
segui o seu conselho e fiz um blog

grande abraço
Nuno

Caminhante disse...

Obrigado Nuno
Agradeço sempre as suas sábias palavras que me dão alento "Agora que estou vivo".
Um grande abraço

maicher disse...

Although there are differences in content, but I still want you to establish Links, I do not
fashion jewelry