segunda-feira, 3 de maio de 2010

APAIXONEI-ME

Apaixonei-me pelo meu projecto de vida e acreditei!
Apaixonei-me mais pela caminhada que estou a percorrer… do que pela chegada ao destino.
Apaixonei-me pelas minhas memórias pois todas têm um grande significado para mim e ninguém mas pode alterar.
Apaixonei-me pelas pessoas que estão ao meu lado, mesmo que por vezes distantes, pois na caminhada, a pessoa certa é aquela que está definitivamente comigo.
Apaixonei-me pelo Sol, pela Lua, pela Natureza, eles são fiéis e gratuitos e estão sempre absolutamente disponíveis.
Apaixonei-me pela dança da vida que está sempre em movimento dentro de mim.
Apaixonei-me mais, pelo significado das coisas que conquistei, do que pelo seu valor material.
Apaixonei-me pelas minhas ideias, mesmo aquelas que por vezes, para nada servem.
Apaixonei-me por alguém. O amor e a paixão fortalecem a minha vontade de viver.
Apaixonei-me pelo meu Jardim Familiar, amo as minhas flores.
Apaixonei-me pelo meu corpo, mesmo sabendo que está fora de forma, pois de qualquer “forma” ele é a única casa que possuo.
Apaixonei-me pela ideia de ser verdadeiramente feliz, a felicidade está dentro de mim.
Apaixonei-me pela música da vida e pelo concerto Divino.
Apaixonei-me pelo facto de ser humano.
Apaixonei-me definitivamente por mim.

1 comentário:

Bergilde Croce disse...

A auto-estima influencia tudo que fazemos, pois é o resultado de tudo que acreditamos ser, por isso o autoconhecimento é de fundamental importância para aumentar a auto-estima. Ou seja, confiar em si mesmo, ouvir sua intuição, acreditar em sua voz interior, respeitar seus limites, reconhecer seus valores, expressar seus sentimentos sem medo, sentir-se competente, capaz e se tornar independente da aprovação dos outros, tudo isso faz com que a auto-estima se eleve. Mas é um processo gradativo que exige trabalho e conscientização.Acompanhando com entusiasmo as mensagens aqui registradas.Da Itália,Bergilde