sábado, 26 de janeiro de 2008

ENQUANTO...

Procure agir para o bem, enquanto você dispõe de tempo. É perigoso guardar uma cabeça cheia de sonhos, com as mãos desocupadas.
Acenda sua lâmpada, enquanto há claridade em torno de seus passos. Viajante algum fugirá às surpresas da noite.
Ajude o próximo, enquanto as possibilidades permanecem de seu lado. Chegará o momento em que você não prescindirá do auxílio.
Utilize o corpo físico para recolher as bênçãos da vida Mais Alta, enquanto suas peças se ajustam harmoniosamente. O vaso que reteve essências sublimes ainda espalha perfume, depois de abandonado.
Dê suas lições sensatamente, na escola da vida, enquanto o livro das provas repousa em suas mãos. Aprender é uma bênção e há milhares de irmãos, não longe de você, aguardando uma bolsa de estudos na reencarnação.
Acerte suas contas com o vizinho, enquanto a hora é favorável. Amanhã, todos os quadros podem surgir transformados.
Ninguém deve ser o profeta da morte e nem imitar a coruja agourenta. Mas enquanto você guardar oportunidade de amealhar recursos superiores para a vida espiritual, aumente os seus valores próprios e organize o tesouro da alma, convicto de que sua viagem para outro género de existência é inevitável.

Pelo Espírito André Luiz
Psicografia de Chico Xavier

1 comentário:

A Tua Amiga Elisabete disse...

Olá!

Este texto é uma mensagem que toca a todos nós...O despertar para uma nova consciência...A evoloção infinita...O encontro com a nossa verdadeira essência, o encontro com Deus!

Amor, Paz e Sabedoria,

Abraço Amigo,
Elisabete