segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

A MÁGOA


Existem pessoas que se sentem ofendidas, magoadas por qualquer coisa: à mais leve contrariedade, sentem-se humilhadas... Ora, nós não viemos a este mundo para nos banhar em águas de rosas...

Agradeço todas as dificuldades que enfrentei; não fosse por elas, eu não teria saído do lugar... As facilidades impedem-nos de caminhar. Mesmo as críticas auxiliam-nos muito.

Quando você não tiver uma palavra que auxilie, procure não abrir a boca...

Sabemos que precisamos de certos recursos, mas o Senhor não nos ensinou a pedir o pão, mais dois carros, mais um avião... Não precisamos de tanta coisa para colocar tanta carga em cima de nós. Podemos ser chamados hoje à Vida Espiritual... Tudo que criamos para nós, de que não temos necessidade, transforma-se em angústia, em pressão...
Valorizemos o amigo que nos socorre, que se interessa por nós, que nos escreve, que nos telefona para saber como estamos indo... A amizade é uma dádiva de Deus ... Mais tarde, haveremos de sentir falta daqueles que não nos deixam experimentar solidão!

A caridade é um exercício espiritual... Quem pratica o bem, coloca em movimento as forças da alma. Quando os espíritos nos recomendam, com insistência a prática da caridade, eles estão nos orientando no sentido de nossa própria evolução; não se trata apenas de uma indicação ética, mas de profundo significado filosófico...

Uma das mais belas lições que tenho aprendido com o sofrimento: Não julgar, definitivamente não julgar quem quer que seja. Tudo o que pudermos fazer de bem, não devemos adiar... Precisamos somar esforços, criando, digamos, uma energia dinâmica que se anteponha às forças do mal... Ninguém tem o direito de se omitir.

O exemplo é uma força que repercute, de maneira imediata, longe ou perto de nós... Não nos podemos responsabilizar pelo que os outros fazem de suas vidas; cada qual é livre para fazer o que quiser de si mesmo, mas não podemos negar que as nossas atitudes inspiram atitudes, seja no bem quanto no mal.
Fico triste quando alguém me ofende, mas, com certeza, eu ficaria mais triste se fosse eu o ofensor... Magoar alguém é terrível!...

Tudo tem seu apogeu e seu declínio... É natural que seja assim; todavia, quando tudo parece convergir para o que supomos ,o nada, eis que a vida ressurge, triunfante e bela!... Novas folhas, novas flores, na indefinida bênção do recomeço!...

(Chico Xavier)

4 comentários:

Sâh disse...

lindas palavras!!!*---*

Marivan disse...

passando para dar uma conferida nas novas postagens,
abçs e tenha uma ótima semana,
Marivan

Hermínia Nadais disse...

Vir visitar o seu espaço e ler o que aqui coloca é bom demais.
Obrigada pela partilha.
Abraço, HN

Amanda Leite Alcantara disse...

Lindo texto.